5º FESTIVAL DAS FLORES
 

Super Fantástico... A Flor da Beira Baixa

Simplesmente fantástico...
Aldeia de Santa Margarida é a Flor da Beira Beixa


As ruas de Aldeia de Santa Margarida voltam a encher-se de cor e aromas com a realização do 5º Festival das Flores.
O regresso de um dos mais atrativos cartazes turísticos da região encantou os visitantes que apreciaram as mais de 200 mil  flores, naturais e artificiais, que engalanaram a freguesia.
A conceção das flores e a decoração das ruas e fachadas das habitações mobilizam a população de Aldeia de Santa Margarida que durante meses se empenha – em peso – na preparação desta extraordinária festa.
Por este grandioso esforço, a Junta de Freguesia decidiu que o Festival das Flores se passe a realizar de dois em dois anos… a próxima será em 2017.
Mais de 200 mil flores preencheram de cor e magia as ruas da Aldeia de Santa Margarida. O 5º Festival das Flores arrebatou tudo e todos com o encanto de uma das mais belas festas da região. 
A criatividade, originalidade e o bom gosto dos arranjos florais não deram descanso às máquinas fotográficas. Durante o fim de semana, visitantes de todo o País e um número significativo de turistas espanhóis deambularam por toda a aldeia para apreciar e registar as decorações criadas pela população local.
Ornamentadas com flores naturais e de papel – um espetáculo de extraordinária beleza – as ruas e praças de Aldeia de Santa Margarida saudaram ainda os transeuntes com momentos de música, teatro e animação.
O segredo reside no “empenho que o povo de Aldeia de Santa Margarida coloca na elaboração das decorações que recebem os visitantes”, explica a presidente da Junta de Freguesia, Zélia Curto, que agradeceu a todos os habitantes e à Câmara Municipal de Idanha-a-Nova “sem os quais este Festival das Flores não seria possível”.
O forte envolvimento da população, que durante meses trabalha na preparação da festa, continua a ser uma das principais caraterísticas deste certame, organizado em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova.
Para o presidente do Município, Armindo Jacinto, a Aldeia de Santa Margarida “dá um exemplo extraordinário de que a festa se faz com as pessoas e para as pessoas.”
O presidente realçou que “a Câmara faz a sua obrigação em apoiar o povo da Aldeia de Santa Margarida” a quem agradeceu efusivamente “o entusiasmo pela colocação da Aldeia num patamar de atração turística e de envolvimento comunitário, unindo os residentes e os que vivem fora da Freguesia... Todos se empenharam em fazer as flores que nos dão este extraordinário trabalho de beleza que podemos apreciar”.
O Festival das Flores constituiu ainda uma boa oportunidade para estimular a economia da região, com a presença de tasquinhas e feira de produtos gastronómicos e artesanais.
O cartaz musical contou com uma noite de fados, concertos e um leque muito diversificado de grupos de animação de rua, com 9 grupos sempre a “bombar e a gaitar”.
A abertura do certame, na noite de sexta feira, apresentou uma Noite de Fados no jardim público da aldeia, com a fadista Mara Pedro, acompanhada na guitarra por Custódio Castelo, na viola clássica por João Silva e na viola baixo por Carlos Menezes.
Parabéns Aldeia de Santa Margarida… a mais florida da Beira Baixa.

Texto BEIRA BAIXA TV

 

 

Galeria Fotográfica

Galeria Multimédia 

 
Reportagem RTP 1
 

Veja a reportagem completa em http://www.rtp.pt/play/p1754/e195983/portugal-em-direto/432525, a partir do minuto 6.

 

 

- Reportagem Jornal Reconquista

 

- Reportagem BEIRA BAIXA TV